terça-feira, 29 de dezembro de 2015

no seu tempo

olho minha história
tento entender
já quase nada me pergunto
mas...insisto...
assunto internamente
somente
tento me compreender...

estranhos parecem
abordagem
sentir
proceder
fico ainda a me perguntar...

sinto saber
interna profundeza a dizer
não precisas questionar
no seu tempo tudo há de se revelar...

Nenhum comentário: