quarta-feira, 29 de abril de 2015

silencio

silencio
a escutar internas palavras...

silencio
a orar na escolha...

silencio
no caminho
no doce amargo da fatia
na vida que sempre inicia...

silencio
na percepção da leveza
na doçura do olhar
no mudo abraço
no afeto não dito
no infinito na palma da mão
no brotar da semente
na gratidão presente...

Nenhum comentário: