quinta-feira, 16 de abril de 2015

alto abril

alto abril
tempos de colheita
espreita o sol
nubla o dia
tardia
ainda assim
mostra-se face
no meio da ventania...

da alma a luz
da vontade a esperança
na dança ampla em movimento
sedenta força concretiza o traço
no abraço
aquece a tarde fria..

Nenhum comentário: