sábado, 28 de março de 2015

ao infinitamente azul em sinfonia

ao sol de março
ainda mais um pouco
à amena sintonia
à serena lembrança
ao sopro agora suave
à aragem da manhã cerrada
ao aquecer da tarde
ao retorno da sopa de legumes
aos dourados biscoitos
ao perfume da arruda intrometida
à alegria de viver a vida
ao infinitamente azul em sinfonia...

Nenhum comentário: