sábado, 28 de fevereiro de 2015

grita-me céu de outono

                                              Mercado Público em Pelotas- RS- Brasil  - photo by Marília Vaz                                    

 

grita-me céu de outono
preciso te ouvir
banha-me com tua magia
na manhã levemente fria...

salva-me de mim
abranda-me na insana lida
leva-me ao sabor da outonal brisa
quero ser inteira
quero amanhecer faceira na luz nascente
quero passo em falso
quero abraço do sol na alma
quero ausência de calma...

grita-me céu de outono
preciso te ouvir
banha-me em amplo abandono
antes do derradeiro sono...

Nenhum comentário: