sábado, 28 de fevereiro de 2015

ao poente de mim

                                                                              image by ultradownloads.com.br


mesma ação
não gera nova resposta
eu sei
mas não sei agir de outro modo...

urge mudar
preciso olhar
desde outro lugar...

ser mais distante
preciso estar
noutro lugar...

desvincular-me
descomplicar-me
preciso voar...

lançar-me ao oceano
esquecer-me de mim
que me prende
me amordaça
sem graça de não ter graça nenhuma...

preciso perder-me de mim
achar novos conceitos
ou nada encontrar
andar descalça do vazio
pés nus no frio
mente desafogada
pelas calçadas
pelas areias
pelas águas
pelas nuvens de tempestade
pelos tufos de algodão dourado ao poente de mim...



Nenhum comentário: