quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

velha sabedoria


                                                                               image by stf.jus.br


bailam palavras em dança escolhida
assim vida se faz
figuras na poesia da alma
encontram boca de fala abstrata
retratam sombra de sentir
obscurecem em nada aparente
lacra coração miséria percebida...

infeliz ser atraiçoa
lança fel ao vento
invade sentir alheio
interpreta na maldade eficiente
alegria concreta
poesia aberta
linguagem da alma contente...

riso solto
amplo contentamento
ferem de morte o vil
esconde-se na sombra trazida
mata vida ao redor...

velha sabedoria proclama
lama ao ar
barro no rosto
semeadura de discórdia
colheita de tempestade
justiça se inflama
mil vezes terão próprio mal...

coração se aninha
leveza de alma segreda
alegria cultivada
floresce a cada nova madrugada...

Nenhum comentário: