terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

poder de sentir

                                                                                        photo by maude poesia


sentir aroma do ar
calor do chão ao andar
cheiro de erva do mato ao sol
respingar de chuva no rosto
na língua gosto de uva
proximidade de chuva
leve o passar do tempo
do vento no rosto o roçar
esperança da flor na presença
no poder de sentir crença...


5 comentários:

SOL da Esteva disse...

Uma poesia plena de sentir, do sabor do sentir,da vida...
belíssima.


Beijos


SOL

David Gascoigne disse...

Beautiful, delicate image.

São disse...

Oh, minha amiga, seu poema nos faz sentir o que descreve...e é tão agradável!

Abraço de matar saudades

ruma disse...


Olá, Vera Luiza Vaz.

Suas obras é abraçada na sua gentileza.
E encantos doce mensagem meu coração.

A oração de toda a paz.
Eu desejo-lhe tudo de melhor.

Tenha um bom dia. Do Japão, ruma ❀
Um abraço.

SOL da Esteva disse...

A Rosa que és, marca a doçura da Poesia.


Beijos


SOL