quarta-feira, 12 de junho de 2013

graças... meu pai...

                                                                   photo by maude poesia


ontem vi tua face
senti tua presença
teu braço
teu abraço
teu amparo...

não te chamei
vieste por sabedoria
por conquista
pra firmar fé
graças... meu pai...
até...

2 comentários:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Muitas vezes parece que os sentimos a falar connosco e a dizerem-nos:
- não vás por aí...

Vera Luiza Vaz disse...

...não por esta vereda...quem sabe pela outra à frente...
Abraço, amigo Luis!