quarta-feira, 8 de maio de 2013

da cancorosa e do maracujá

                                                                         photo by maude poesia

cancorosa chegou primeiro
mínima plantinha apareceu um dia
começou a crescer
desenvolveu folhas com espinhos
sua natureza
sua expressão de beleza...

já floresceu
encheu-se depois
de minúsculas frutinhas
agarradinhas aos caules
alimento a pequenos passarinhos
canarinhos creio
enleio de perceber...

não mostrou contrariedade
com a presença enredante
envolvente
dos ramos do silvestre maracujá...

me encantei com a cumplicidade
tão diferentes parecem
crescem
balançam
se lançam aonde for
pra compor ramada
meio desengonçada...

tutorei-os um pouco
como pude
sofri alguns fincões
ah...mas tudo vale a pena
minha alma não é pequena
hoje o maracujá floresceu...

não percebera botão
não sei se frutificará
aprendo linda lição
da cancorosa e do maracujá...

Nenhum comentário: