sexta-feira, 19 de abril de 2013

azul declarado

                                                             photo by maude poesia

sob céu de outono
sem dono
azul declarado
suave brisa
amena temperatura
natureza boceja
calorzinho dos raios de sol
aquecem a alma...

banalidades expostas
dir-se-ia
suavidade
singularidade
alguém percebe
banha-se em energia...

magia da hora
simples
figura diversa
única expressão
anda o tempo então...

Nenhum comentário: