sexta-feira, 15 de março de 2013

de leste a sul vira o vento

                                                 photo by maude poesia


aos poucos douram-se folhas
ao menor sopro voam
alegram a cachorrada
em correria avoadas...

devagar fogem os dias
de verão cedem ao outono
espaço de assentamento
de leste a sul vira o vento...

insistem em canto bem-te-vis
estridentes ao sol cigarras
céu de azulado a cinzento
em apenas alguns momentos...

assim à observação
impõe-se a reflexão
incompreensível no peito
coração bate sem jeito...

passagem de meus outonos
me encontra absorvida
cativa de mil pensamentos
de leste a sul vira o vento...
 
da natureza o espelho
traz imagens refletidas
sereno o espírito se faz
na busca mansa da paz...


Nenhum comentário: