domingo, 10 de fevereiro de 2013

noturna cantoria

                                  personagens do cartunista brasileiro Maurício de Souza
                              


bastante animados
cantam vizinhos ao lado
na noite em pleno quintal
antigas músicas de carnaval...

um pouco de nostalgia
muito de alegria
a recordar marchinhas
em noturna cantoria...

revejo carnavais de infância
papai e mamãe nos levavam
a ver desfiles coloridos
carros alegóricos enfeitados...

hoje prefiro meu interno carnaval
ler... escrever... descansar...
ah...jardinar um pouco
sabores de alegria
um outro jeito de folia...





Um comentário:

SOL da Esteva disse...

Querida Amiga

Um Poema onde me revejo plenamente.
Lindo e preciso.
Amei.



Beijos



SOL