quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

teia de amizade


                                                     photo by maude poesia


janeiro se vai
outros janeiros me roubaram
preciosas amizades
tenho saudades...

aceitei
sem muita compreensão
dor permanece
faz-se de conta... se esquece...

padece o corpo
entristece a alma
na calma aparente
da profunda saudade...

nunca mais a sala de cinema
teve antiga magia... poema...
céu de outono perdeu
azul que a artista lhe deu...

vai agora janeiro
novo janeiro virá
trará pensares tantos
de tudo não entendido
de tudo ainda não aprendido
no curto tempo de convivência
amizade sempre quer mais
tão longo tempo de ausência...

sopra vento da saudade
mostra teia de amizade
tempo não faz esquecer
coração faz outro tecer...

2 comentários:

Giuliano disse...

Il tempo passa ma il sentimento rimane vivo e sempre più forte!!!

Vera Luiza Vaz disse...

Il tempo e la distanza non distrugge l'amicizia...
Abbraccio con affetto, Giuliano!!