terça-feira, 18 de dezembro de 2012

gosto pela vida

                                                  photos by maude poesia

da cor da paz
da suavidade
assim chegam
perto do natal...

alegro-me ao vê-los manifestos
hibiscos brancos descobertos
no início da manhã...

tardaram chegada
pra quem sabe
na madrugada
já quase natalina
ornarem o dia
acelerarem reflexões
apascentarem paixões
esconderijos de mágoas...

valente plantinha
desde cedo lutou
pela sobrevivência
não conquistou rápido crescimento
dobrou-se frágil
ao sopro de fortes ventos...

em momentos nenhuma folha manteve
pensei não sobrevivesse
interesse de vida venceu
hoje abre-se em flores
alvas de força e sentido
sussurram ao vento gosto pela vida
natalina mensagem a ser compreendida...

 

Nenhum comentário: