quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

gato espichado

                                                                photo by maude poesia


dias acalorados
nublados
ensolarados
na alternância
não se alteram o calor
a cor do hibisco
o perfume do derradeiro jasmim...

em mim alternam-se sentimentos
com o vento
o sei
preferiria não fazer leitura...

gato espichado
adormecido
abandona-se à inércia
convite ao não movimento...

invento do pensamento
não pensar possível
mas não se quer
instigam-se os sentidos
pra significar o lido...

o que se lê 
se vê
se percebe
nos faz gato amuado
espichado
desinteressado...

em volta o jingle bells
anuncia
convida a comemorar
na compra desnecessária
no veneno alimento
na bebida enebriante
estonteantes caminhos do não sentir de verdade
trajetórias de não ser dono da vontade
enquanto o gato se espicha
se espriguiça
pensamento voa
pra além do jardim...
  

Nenhum comentário: