quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

do interno canto ouço o silêncio no sempre natal

                                                       photo by maude poesia
                                                     

quero natal silencioso
quero natal internamente
no suave milagre do nascer
agradecer
pelas dádivas da vida
pelo respeito a mim mesma
pelo cotidiano de alegres surpresas...

fecharei os ouvidos aos ruídos externos
calarei vontade de xingar
pela ignorãncia ao celebrar...

paciência...
afagarei os cães
eles não entendem os estampidos
não compreendem triste maneira
de contente parecer...
paciência...
do interno canto ouço o silêncio
no sempre natal...

Nenhum comentário: