segunda-feira, 22 de outubro de 2012

na construção do jardim


                                                           photo by maude poesia


o mesmo dia
se faz nublado
se faz chuvoso
se abre em sol
se fecha de novo
acabrunhado
ensimesmado
no sopro feito
desfeito no fim da tarde...

ardem sois de primavera
na quimera da alma
na esperança
do dia
da face
da agitação da hora
senhora de tudo
dona de iluminada tez
no invés pra ser
dia
bravura
cura
solitude bendita
firmeza de marquise
a sustentar decisões
canhões de guerra
desde a terra
aos confins dos salões...

sopro de vento
embala espírito
forja vida
acarinha solo
na construção do jardim...

Nenhum comentário: