sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Faze-me em flor- JJ Gonçalves


                                                                photo by maude poesia


Com emoção, transcevo os versos recebidos de meu amigo querido, poeta JJ,  como comentário.

Compartilho para que, os lendo, percebam grandeza de alma, inspiração transbordante...

Obrigada, amigo, pelo carinho, pela generosa amizade!

Retribuo o franciscano abraço!


Faze-me em Flor!
J.J. Oliveira Gonçalves

Ah, vem fazer-me flor, também, amiga

Eu que neste Ocaso me pergunto:
Por que emudeceu o meu assunto?
Por que anoiteceu minha cantiga?

Ah, vem fazer-me flor - igual a ti

Que entre flores pastoreias a Alma...
Revela-me essa Paz que levas n'Alma
Essa que - um dia - tive e que perdi!

Os dias são tão longos - e enfadonhos

As noites são tão curtas - e meus Sonhos
São (re)lembranças vãs, lá, do Passado!

E assim eu vou... não sei se Tango ou Fado...

Se me fizesses flor... talvez meu verso
Desabrochasse em Luz... ante o Universo!

Porto Alegre, 04 de outubro/2012. 14h14min


Com meu franciscano abraço!
JJ!

2 comentários:

Anônimo disse...

Querida Vera Luiza...

Com a Emoção da alegria, vejo meu texto publicado em teu acolhedor "Cantinho Poético"... Sabes? - como dizem minha parentas castelhanas que moram em Bagé - quando vi o título da postagem e a bela flor vencendo, (com seu viço e sua coragem), todas as dificuldades e as Dores para se mostrar à Luz, comecei a dizer esses versinhos como se estivesse conversando contigo... É assim que sou, Vera, e serei sempre assim enquanto estiver por aqui... eu sei, porque sinto isso...
Fico contente, feliz, que tenhas gostado do que te escrevi - e grato pela homenagem à minha pessoa e ao meu "eu" poeta, ao publicares essas riminhas sentimentais que aí estão...

Com franciscano abraço!
JJ!

Vera Luiza Vaz disse...

Mais uma vez declaro meus agradecimentos pelas palavras, pelos versos emocionados, inspirados pela mais profunda verve poética que recebeste como fundamento ao vires a este nosso mundo.
Grande abraço, amigo poeta JJ!