segunda-feira, 1 de outubro de 2012

depois do temporal

canto agora
leitura da hora
senhora do verso
avesso do modelo
cotovelo de fora
ideia aflora
sentimento transborda
dia acorda na alma...

calma se instala
amplo espaço se faz
andar para trás
não gera crescimento
adiante
vento na cara
primavera na pele
flor em botão me espera
no jardim
depois do temporal...

Nenhum comentário: