sábado, 1 de setembro de 2012

infinita metáfora

 
                                                                         photos by maude poesia


bendita possibilidade
desperta a flor
desabrocha a vida
entendida no passo
no cotidiano
no engano
na volta por cima
na rima
sem ela
no desandar do verso
no reverso da alma
na calma da manhã
na indissolúvel sinceridade
na simplicidade posta
à mesa sem reservas
na infinita metáfora
do acordar da flor...

senhor do mundo
pura energia
tento compreender
saber
contento-me com o pouco
possível
na minha possibilidade
vejo da flor a verdade
natureza depois do inverno
sigo
sorvo o prazer da hora
senhora de meu sonho
risonho semblante
oro
agradeço
na repetida ação
na comunhão com o universo
em expressão...

Nenhum comentário: