segunda-feira, 20 de agosto de 2012

meu agora é poetar


                                                                       photo by maude poesia



nublado céu
escuro véu
não impede
consciência da folha
da flor a expressão...

fim e começo
frios tempos
amenos dias
vida se amplia
magia e dor...

se aprende ao chorar
se cresce no andar
se esmaga o fruto
se retira a semente
se prova entre dentes
prazer do sabor...

pensar de soslaio
de esguelha
de través
requer vago passo
com isso não afino
amofino
eu quero é luar
é sol
é mar
é jardim
sou assim
desse modo me faço
escolho a hora
meu agora é poetar...

Nenhum comentário: