sexta-feira, 3 de agosto de 2012

de bem com a vida

                                                                              photo by Maísa

leonina
desde menina corajosa
teimosa também
quando convém...

de bem com a vida
neste plano decidida
diz não ter pressa pra partida...

quer ver
saber mais
apesar de um certo esquecimento
quando lhe conforta esquecer
quando lhe agrada não saber...

vivências
experiências
pra dar e vender...

aprende
ensina
desde menina travessa
responsabilidade cedo chegou
pela vida continuou...

ontem aniversariou
dupla de oito juntinhos
de parabéns todos nós
com ela conviver
é aprender todo dia
paciência
afeto
dedicação
carinho
sempre por nós recebidos
ao longo dos dias vividos...

3 comentários:

Anônimo disse...

Pois, Vera Luiza...

Fico feliz pela Felicidade de terem a mamãe de vocês... com vocês. E cumprimento toda a Família por essa Bênção!!
Agora, estes singelos versinhos são para Dona Loira. São um mínimo e fraternal Carinho que ofereço para Dona Loira - a quem não conheço, ainda - mas que, pelas fotos que já vi, é como se já a conhecesse há muito tempo... Como costumo dizer (e escrever) em ocasiões assim: são "coisas" do Espírito... Tenho, também, vários parentes e amigos leoninos(as). Minha boa mãe também era leonina de 18 de agosto. E minha filha Candice é leonina de 12 do mesmo mês.
Enfim os versinhos:

"Dona Loira, que beleza
88 aninhos!
Nestas rimas, com certeza
Lhe envio lembranças minhas!

SAÚDE e PAZ lhe desejo
Nestes versinhos que faço!
Respeitoso é o meu beijo
Franciscano é o meu abraço!"

Parabéns, Vera Luiza, pela beleza sentimental e pela profundidade do poema!
A todos, abração bageense e franciscano!
JJ

Vera Luiza Vaz disse...

Amigo JJ, li agora o poema para a mãe. Sorriso largo, alegria...

Agradecemos profundamente a homenagem de carinho e consideração de tão nobre amigo desde longos tempos do infinito mundo espiritual...

Grande abraço!

Luiz Carlos Vaz disse...

Essa é a minha Mãe!!
Obrigado Vera, obrigado JJ.