sexta-feira, 1 de junho de 2012

sopro de luz

                                                                                             photo by maude poesia


internos sentimentos
expressão procuram
vagam no escuro
palavras perdidas
sentido desbotado
rasgados panos
enganos amassados
fios esgaçados
composição fugaz...

atrás da vida
mundo estreito
jeito de nada
gosto de gasto
gesto desalentado
extenuado canto
choram pranto
enxugam choro
calam voz...

ao grito fraco
um anjo espera
enfeita terra
com raios de luz
inspira fundo
compõe mundo
num segundo
tudo compraz...

jogo de luz
claro escuro
sombra raio
rio interno
frio inverno
logo se faz...

não chega amparo
em atraso
compasso do ser
angústia de ver
descrer não revela
espera se ajeita
campeia
espreita
na sombra desfaz
cor
perfume
de junho chegado
sentam ao lado
num sopro de luz...

Nenhum comentário: