sábado, 30 de junho de 2012

quem há de se importar com o invisível

                                                 Imagem de O Pequeno Príncipe de Antoine de Saint Exupèry


quem há de se importar com o invisível
quem há de enxergar o carneiro
quem há de responsabilizar-se pela raposa
quem se importa com a flor...

pobre príncipe
inocência simplória
num mundo de vilões...

qual o essencial para ti
quanto te tornas responsável
por quem cativas
choro o desgosto
a tristeza do pequeno ser
que morreu dentro de nós...

somos do príncipe o algoz
secou a flor
morreu a raposa
escureceu o céu
desertificou o planeta
resta-nos a face mascarada
a vida falsificada
o nada...

Nenhum comentário: