sábado, 9 de junho de 2012

no amargo do chimarrão

                                   Chimarrão e pôr-de-sol no rio Guaíba - Poa -  RS - photo by guriadochimarrão



harmonia nas formas
no colorido
nas sensações em dia frio...

alimento um pouco
mais calórico
retórica calada
manhã gelada
roupa quentinha
meinha...

na cuia erva-mate
no amargo do chimarrão
gosto de felicidade
de realidade aquecida
com fumacinha
subindo... subindo...
desenhando escada
em caracol
até o raio de sol
faceiro
a entrar pela janela...

na poesia
na reflexão
dia se vai
assim frio
assim meio calado
por vezes nublado
até a chegada da hora
de ir embora
no entardecer
amargo se faz doce
como se a vida fosse
eterno amanhecer...
    

2 comentários:

SOL da Esteva disse...

Um recatado dia pleno de Poesia.
O frio parece chamar para o aconchego.
Imagem fabulosa a cimentar o verso.

Beijos

SOL

Vera Luiza Vaz disse...

Amigo Sol, concordo que o frio traz o aconchego da proximidade, do estar ao abrigo, ao pé do fogo...e um chimarrão complementa a cena... rsrs...
Grande abraço!