domingo, 10 de junho de 2012

frio em jeito perfeito

                                                Faz frio em Pelotas- RS- photo by infocenter DP (Diário Popular)


frio chega
afugenta
alegra
aconchega...

céu empalidece
sol desaparece
interior aquecido
amizade
poesia
saudade
alguma melancolia...

vazia não fica a casa
brasa da lenha incandesce
coração aquece
afeto esvazia entristecer...

manhã gelada
ao beija-flor não desagrada
em voar apressado beija
alvura em flor da nespereira...

balançam galhos
chão embranquece
nas pétalas em queda
brancura de neve...

quietude de inverno
traz tarde gris
pensamento calado
ar gelado na rua
emudecem passantes poucos
não calam os bem-te-vis...

frio em jeito perfeito
braços abraçam corpo
peito se abotoa
pescoço em manta coberto
céu em cachecol nublado
minuano assobiado
arrepia memória
agasalham-se lembranças...

4 comentários:

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa tarde!
...lindos versos, como sempre...
Pelotas!Que frio...
O frio em jeito perfeito... ter um relacionamento muito sério...com o cobertor...na carência, abraçar...uma fogueira...
Obrigado pelo carinho de sempre!
Boa semana!
Beijos

São disse...

A foto está muito bonita.

Quanto ao frio...ai , como me agradam aqueles dias de Inverno gelados e com o Sol brilhando!!

Um abraço apertado, amiga minha

Vera Luiza Vaz disse...

Amigo Felisberto, o calor da presença dos amigos no blog, acaba com qualquer frio...
Grande abraço!

Vera Luiza Vaz disse...

Amiga São, concordo que o inverno tem seus encantos, tem magia particularmente bela...
Obrigada pelo carinho da visita!
Grande abraço, amiga!