sexta-feira, 15 de junho de 2012

depois da chuva

                                                                              photo by maude poesia



depois da chuva
pétalas molhadas
como gotas orvalhadas
folhas amarelecidas espalhadas
caídas na madrugada de relâmpagos
de trovoadas
de rebojos de vento
de recolhimento
ah... infinito momento...

depois da chuva
terra cheira a molhada
jardim tem folhas lavadas
mudou de cor a calçada...

céu de gris azulado
nuvens passam
têm passo apressado
pombinhas no meio da rua
esperam minhocas aturdidas
coitadinhas... não quero ver...

bem-te-vis continuam
canto de vários motivos
comunicam-se
creio-os felizes
beija-flor cedo aparece
busca diversos matizes...

somos aprendizes de vida
natureza a grande mestra
mostra-nos com presteza
do grande pai a realeza...

Nenhum comentário: