sexta-feira, 11 de maio de 2012

Vitor Ramil - Estrela, estrela



Show do músico, escritor, poeta e cantor de Pelotas, Vitor Ramil, no projeto Unimusica, com os convidados Iam Ramil - seu filho - e Bella Stone, na reitoria da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), Porto Alegre, 04/agosto/2011.

Vitor compôs esta música aos 18 anos, em 1980. De lá para cá, esta canção já foi gravada por inúmeros cantores nacionais e estrangeiros.
Afirma-se que Vitor a compôs em homenagem a sua mãe. Numa de suas apresentações em Pelotas, num show, no ano de 2008, no Teatro Guarani, ouvi Vitor dedicá-la a sua mãe que estava na plateia.

Hoje, peço licença a Vitor, para dedicá-la a minha mãe, bem como a todas as mães brasileiras e do mundo inteiro, pelo Dia das Mães que se comemora no próximo domingo, o segundo de maio.

De suave melodia, Estrela, estrela faz lembrar um canto materno de acalanto...



Estrela, estrela
Como ser assim
Tão só, tão só
E nunca sofrer

Brilhar, brilhar
Quase sem querer
Deixar, deixar
Ser o que se é

No corpo nu
Da constelação
Estás, estás
Sobre uma das mãos

E vais e vens
Como um lampião
Ao vento frio
De um lugar qualquer

É bom saber
Que és parte de mim
Assim como és
Parte das manhãs

Melhor, melhor
É poder gozar
Da paz, da paz
Que trazes aqui

Eu canto, eu canto
Por poder te ver
No céu, no céu
Como um balão

Eu canto e sei
Que também me vês
Aqui, aqui
Com essa canção

4 comentários:

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa tarde
Tudo bem?
Vou sair um pouco do meu padrão de comentar..
Apesar de ser "copy and paste", é do Meu para seu Coração
" ...é dia de agradecer à Deus
pelo privilégio de se ter uma mãe,
tão corajosa, quanto cautelosa
seus sábios conselhos, a sua mão estendida
nos momentos certos, prova que és um farol a indicar e clarear
a melhor direção que devemos seguir.
Que a cada amanhecer, um sorriso brilhe
que sua caminhada seja suave, sem tropeços,
que olhes o futuro com esperanças renovadas
com a certeza que chegará ao seu destino
tendo cumprido as determinações de Deus.
Observe com olhos brilhantes o mundo a sua volta
pois os maiores segredos da felicidade
estão escondidos nas pequenas coisas
e nos gestos mais simples de carinho.
... é somente mais um dia que pertence
à todas as mães durante a sua existência preciosa
Ofereço o máximo dos meus melhores desejos
os meus sinceros votos de paz , de serenidade
e que a vida de cada mãe se enriqueça cada vez mais
com saúde, compreensão e amor no coração."
Feliz Dia das Mães
Bom final de semana
Beijos e abraços
(IN)FELIZ

Vera Luiza Vaz disse...

Felisberto, obrigada pelo carinho de tuas palavras!
Das mães são todos os dias, mas, se existe esse tão somente a elas dedicado, não se pode deixar de homenageá-las por tudo e por muito mais...
Grande abraço e bom final de semana pra ti também!

roxana disse...

I don't like to generalize and say thank god for mothers, because I've seen too many children badly damaged by the so-praised motherly love...
But I would say a good mother (or a good parent in general) is the one who can teach her child how to fly and when the time to leave the nest comes, she is able to let him go. The rest is just details and mistakes should be forgivable on both sides, because none of us is perfect!
The music is very soothing. It's a beautiful reminder that mothers too need to be sung lullabies from time to time...

Thank you for your warm comments on my blog, Vera, and I wish you many, happy years ahead as a mother and a daughter as well!

Vera Luiza Vaz disse...

Thanks, Roxana, for your always so generous words!
Agree with you about the roll of mother that everyone can play, no matter if mother or not, when taking care of a child with love and responsability, teaching her or him to be a good person and live with faith and hope, respecting her or himself and nature, building a better place for everybody in the world.
Have good time ahead, my friend, with love, peace and hope always!
Hugs from Brasil!