quarta-feira, 30 de maio de 2012

retrato do meu outono - JJ de Oliveira Gonçalves

Blogger

                                                                                   photo by maisbelas.com.br




Querida Maude, para ti...


Essas folhas pelo chão
Caídas... em abandono
São versos do coração
Retrato do meu Outono...


São rimas em profusão
Ai, frágeis - áureas Ternuras...
Dos Sonhos meus a Ilusão:
Já desbotadas Venturas!


Essas folhas, minha amiga
Que foram verdes - um dia
São notas de uma cantiga
Concreta e quieta Poesia!


Me lembram Transmutação
Calmo Ocaso da Existência...
Mágoas, talvez... Solidão!
Estoicismo - em sua Essência!


Com bageense e franciscano abraço!
JJ!
5/30/2012 11:17 AM

Com alegria recebi hoje este poema do meu querido amigo poeta JJ.
Compartilho com os caros leitores do blog, esta deliciosa composição!
Agradeço comovida ao querido amigo, pelo carinho, pelo afeto, pela amizade!
Grande abraço!

2 comentários:

J.J. Oliveira Gonçalves disse...

Oi, Vera Luiza...
Feliz com a acolhida destes versinhos mui singelos em teu cantinho de Beleza e Paz!
Amanhã, vou formatar o poeminha e terá o título que deste a ele, pois, além de ter "nascido" do contexto, metaforicamente e, em único verso, a "sinopse" do poema. Pelo menos, é o que penso... rs...
Obrigado, Maude...
Abraço franciscano,
JJ!

Vera Luiza Vaz disse...

Agradecida fico eu, meu nobre amigo e poeta JJ, pela homenagem de carinho e apreço, pela amizade, pelo incentivo...
Grande abraço!