quinta-feira, 17 de maio de 2012

esperar pelo agora

                                                                                                                        photo by maude poesia


paciência
passar turbulência
com passo ensaiado
sereno semblante
rompante guardado...

paciência
esperado
desejado
ampliado
negado
desentendido
entendido...

paciência
à porta
enxerga intenção...

paciência
mar agitado
dia nublado
gris da tarde
sol ardente
não cansa
dispensa
licença...

paciência
aviso
retido no topo
vendido no sopro
latido do cão
assobio do vento
escorrega lamento...

ah... paciência
mil vezes paciência
quieta
aquieta
inquieta
pressiona
incomoda
perde-se
reclama
exclama
proclama
vai embora...

ah... paciência
com a paciência da hora
natureza ensina esperar pelo agora...

Nenhum comentário: