quarta-feira, 25 de abril de 2012

palavras geladas

                                                                               photo by maude poesia



tarde do dia
tarde da tarde
arde sol
desaparece
da parede
rede não balança
frio compõe
de outro jeito
o dia
desde a fria manhã...

interno sentir
externo vestir
vaga luz se anuncia
do entardecer
céu nublado
nuvens esfiaparam
bordaram sem risco
rabiscos no céu...

outono alto
descompasso
aconchego de abril
desandou
massa de bolo ao vento
arrepio de frio
sentenciou destino
menino desencantou aurora
na demora de crescer...

claro
escuro
movimento do mundo
chegam ao ar
calado
bordado
azulado
acinzentado
cores paradas
palavras geladas...

Nenhum comentário: