sexta-feira, 9 de março de 2012

ritmo de dança


Ana Botafogo - bailarina e coreógrafa brasileira
                                              
anda no ar um sonho inquieto
anjo de perto segue certamente
ampara contente inspiração tardia
desde a manhã até o fim do dia...

compreende a vida
entende o tempo
vagueia a alma
em sintonia fina
apoia a rima
rega a semente no jardim...

distante tempo de recordações
presente tempo de ações
de fazer amplo
de fazer pleno
de fazer sereno
de determinações...

não nasce o dia a se lamentar
não anda a tarde a chorar
ainda cedo
não calam ao medo
não suprimem o sonho...

entardecer de brisa
defaz o calor assombrado
de março em mormaço
sempre presente...

...e a vida da gente segue
em ritmo de dança
de passo lento
ou apressado
sempre buscado
no andar diário
de viva esperança...

3 comentários:

Giuliano disse...

Bello vivere sempre a passo di danza!

Luís Coelho disse...

A dança é um jogo que balança na alma jovem e movimenta-se como nos sonhos.
O poema traz essa magia que nos desperta interiormente.

vera luiza vaz disse...

Caros amigos Giuliano e Luis, creio que a vida deva mesmo ser vivida em passos de dança... ora suaves e lentos... ora mais agitados e fortes...
Obrigada pelo carinho de seus comentários!
Abraço!