domingo, 18 de março de 2012

outro sabor

                                                           photo by enigmadosonhos.blogspot.com

tempo e descrença encarceram coração
fica no olhar a tristeza resumida
validade vencida do produto de consumo
na desvalorização do sentimento e da vida...

espada de fútil lâmina de mel e fel
fere por querer
na impossibilidade de na verdade ser...

estrada iluminada escurece
dia desaparece
na incompreensão da dor...

segue caminhante a história
determina semblante de sorriso
sabor de lida a bebida cotidiana
na determinação do espaço a compor...

anda ao lado um anjo inquieto
mostra-se claro aos olhos
segreda ao ouvido o não sabido
segue tua viagem
olha o verde na paisagem
não estás sozinho
não descuides da hora
do teu caminho és senhora...

escuta o anjo... põe-lhe fé...
encontra o rumo
o canto que da alma brota
possui agora outro sabor...

Nenhum comentário: