sábado, 17 de março de 2012

chuva de ouro

phoyo by maude poesia
                                                                    
 timidamente se mostra
se não atentos
não a veremos
junto às demais folhinhas
cresce apressada
em busca da luz...

atreve-se
acredita
inverno distante está
ou ao contrário será
proximidade invernal
a incentiva a ser...

certa é sua presença
será uma chuva de ouro
de amarelinhas orquídeas
aguardemos...

natureza
mestra astuta ensina
se queremos aprender
dedicação
compromisso
crença
na humana maneira de entender...

se observamos
atentamente
vemos a alegria
juntar-se ao nascer do dia
em manifestações de simplicidade
de esperança
de vontade de ser
de participar
no universo fazer o seu lugar...

Nenhum comentário: