quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

sinceridade... simplicidade da poesia...

Poeta Mário Quintana (1906/1994) RS - Brasil


a poesia chega
não sei bem por quê
por um tempo nego
sua vontade de ser...

transmutar sentimento
em versos
reversos de mim
antítese de sentir... enfim...

cala a voz do cotidiano
ampara a fala da alma
olhos do anjo alado
ao lado no sopro de intenção...

no espaço a expressão
tem acolhida
tem leitores
e os marcadores dizem
neste momento são mil acessos...

é a gratidão o sentimento
hoje presente
em profundo agradecimento
em comprometimento
sempre
com a sinceridade
com a simplicidade da poesia...
-----------------------------------------

Ao atingir, hoje, a marca de 1000 acessos ao blog, antes de um ano de existência, estamos muito felizes!
Nosso objetivo inicial foi tão somente criar um espaço de sincera e simples expressão poética.
O motivo de existência deste espaço continua o mesmo.
A poesia fez parte de minha vida desde sempre...
Muitos são os autores, poetas ou não, que admiro. No entanto desejo hoje fazer uma singela, mas sincera homenagem ao meu poeta preferido dentre todos: Mário Quintana.
Depois de meu pai e de minha mãe de quem recebi a honrosa herança da honestidade, da sinceridade e da verdade, devo agradecer a Mário Quintana, meu querido poeta gaúcho, de quem herdei a simplicidade que sempre admirei em sua poesia.
Sua fisionomia, seu passo a caminhar pelas ruas de Porto Alegre que tanto amou, sua espirituosa maneira de ver a vida e as pessoas, seu canto satírico, por vezes, mas sempre sincero e tantas vezes amabilíssimo, sopram como brisa a encorajar-me na continuidade de minha singela expressão poética.
Obrigada a todos que me honram com seus acessos!
Obrigada especial àqueles que me encorajam com seus comentários!
Obrigada aos mantenedores do Blogger pelo espaço que procuro ocupar com responsabilidade!
Obrigada ao meu inspirador de sempre: Mário Quintana!
Obrigada a todos!
Vera Luiza Vaz

2 comentários:

Luiz Carlos Vaz disse...

Vida longa a maude poesia. Parabéns! Criar é fácil, manter é a tarefa mais árdua. Um abraço.

vera luiza vaz disse...

Obrigada pelo apoio e incentivo!
Esteja à vontade por estas bandas...
Abraço!