sábado, 14 de janeiro de 2012

palavras

                                                                       photo by sonhodeliberdadecleo.blogspot.com

palavras tombam no chão
perdem força
esquecem sentido
enrolam emoção
calam ao ouvido...

palavras seduzem
envolvem
iniciam guerras
aplacam feras
em época eleitoral
desmaiam senso
mentem sorrindo
acreditam mentindo...

palavras generosas
celebram falsa verdade
atraiçoam
matam
escondem gestos
enganam com perversa intenção
arrebanham sorridente multidão...

palavras perdoam
voam ao infinito
em grito espargem voz
na dor de lança atroz...

palavras revelam entranhas
soltam amarras
ficam bravas...

palavras vêm do intestino
do estômago
do menino abandonado na rua
do astronauta na lua
tonto de espanto
de todo o canto
do anjo
do mercenário
do cenário de miséria e de guerra
exposto por toda a terra...

palavras não têm dono
levadas pela enxurrada
das mazelas à espreita
dos costumes caducos
embolorados nas bibliotecas
petecas sem meninada
na brincadeira de nada...

palavras vestem luto
disputam lugar premiado
câmara de deputado
de letrado escritor
de doutor condecorado
em triste celebração...

no absurdo da esperança
palavras crianças
encontram paz
desistem da insanidade
serenas percorrem a verdade...

Nenhum comentário: