quinta-feira, 24 de novembro de 2011

solidão acompanhada

                                                                      Photo by maude        

desde o verso primeiro
elo se estabelece
cresce na companhia
alarga-se na opinião
no juizo de quem lê...

crê o poeta estar sozinho
qual solidão acompanhada
de jasmim
no jardim...

transpor o umbral das ideias
conectar-se ao mundo da palavra
pretensão de poesia
emprestada da inspiração
presente
ou apenas descontente...

magia da flor perfume ter
alquimia do poema ser
alguém compactua com a flor
sabe da solidão da poesia...

na chegada
ou na saída da leitura
há um poeta
à procura da expressão
adequada
na semântica perdida
na nebulosidade da palavra...

desde o âmago da semente
cresce a flor
alva em ternura
pura em intenção...

há de despetalar um dia
a dor será perfume
não pó
será
só...

Nenhum comentário: