quinta-feira, 8 de setembro de 2011

aos sete dias de setembro

da memória chegam imagens vivas
cheiro e perfume se confundem
e se fundem...

sol  no mundo matinal
saudade invade
sabor salgado...

presente em embrulho de expectativa
sem pressa de revelação...

aos sete dias de setembro
sempre havia comemoração...

Nenhum comentário: