domingo, 14 de agosto de 2011

simples e comovida oração

levaste-me ao colo
deste-me a tua mão
impediste-me do erro
tantas vezes...

nas moléstias a homeopatia
à mesa nunca vazia
perfume de horta e de pão
em doses medidas a compreensão...

roupa limpa e perfumada
de patchouli a fragrância
elegância e apurada honestidade
ensinaram-me a verdade...

na distância da partida
ensinas-me todo o dia
quem eu sou
e o que faço nesta vida...

ao pai dos pais então
pelo meu pai agradeço
em simples e comovida oração...




Nenhum comentário: