sábado, 13 de agosto de 2011

namoremos então...

nas flores do pequeno pessegueiro
primavera...

no vento que descabela
primavera...

toda a natureza transformada
no calor da madrugada...

aves em gorjeios insistem
chega nova estação
namoremos então...

Nenhum comentário: