quinta-feira, 23 de junho de 2011

poeta de meu poetar

ando devagar porque já tive pressa já disse um poeta
poetas dizem muitas coisas...

ficamos nós a degustar o sabor de tantas boas falácias...
gracias

a quintana
a pessoa
a neruda
a cora coralina

com esta aprendi
vida e poesia se enlaçam
se abraçam na dureza da cotidiana rima
na leveza da alma suada
no canto de tudo e de nada...

poeta de meu poetar
sempre agradeço pelo teu cantar...

Nenhum comentário: