domingo, 15 de maio de 2011

o chegar de uma canção

à noite o pensamento voa
escoa a serena amplitude
entra a esperança esperada
enluarada a sombra esmorece

anoitece a alma em desigual figura
apura o sentido em duvidosa compreensão
avança o passo... escoa o abraço...
ouve-se o chegar de uma canção

Nenhum comentário: