sexta-feira, 4 de março de 2011

na tarde

na tarde o tempo devagar
a divagar me ponho
crio outro lugar
de manso passo
braço em abraço
me ponho a cantar...

vem comigo
medo inexiste
triste não persiste
vem rir
vem dançar
basta sonhar...

Nenhum comentário: